Apresentação

Navegue pelo índice à direita para acessar todos os títulos e mande sua opinião por e-mail zinedevaneios@gmail.com.

domingo, 20 de junho de 2010

Reflexão sobre a Solidão

21/04/2010

Ignorando todas as expectativas e recomendações
ficou só, pela primeira vez desde então
E acompanhado por um vácuo silencioso
esmiuçou lembranças e decepções
sorrisos e lagrimas que habitaram sua face

E a solidão não lhe pareceu mais tão assustadora
a necessidade de possuir, algo ou alguem
já não cabia em seus pensamentos
percebeu o quanto menosprezara esse vazio
por anos interminaveis, ignorara suas vantagens
acumulando uma coleção de desapontamentos

Sozinho, não sentia mais medo desse estado

Um comentário:

Ana Andreolli disse...

eu adoro demais esse poema...