Apresentação

Navegue pelo índice à direita para acessar todos os títulos e mande sua opinião por e-mail zinedevaneios@gmail.com.

domingo, 20 de junho de 2010

Asfixia

16/02/2009

Quarto, cama
Edredom
Calor intenso
e os calafrios
denunciam meu estado
febril
A cama se torna grande
ou eu pequena
o tempo se arrasta
ou não, já nem sei.
suor escapa pelos poros
como agua entre os dedos
e os arrepios aumentam
ansiedade sem cura
comprimidos? Não.
Nada diminui
a tristeza ou a dor
e a febre continua
sufocante
As horas se tornam dias
e o grito, que não sai,
partilha meu estado febril
corre em minhas veias
e, como eu,
anseia por liberdade

Nenhum comentário: